Voltar à Página Anterior

Plutónio, Mc Zuka e Supa Squad no palco principal do Calça-Ferros

A música está de regresso ao Parque Calça- Ferros, na freguesia de Pedome, em Famalicão, nos dias 9, 10 e 11 de agosto para um festival que promete atrair muitos milhares de visitantes. Os sons do hip-hop, do rap, do reggae, do dancehall e do afro-beat marcam esta ediçaõ do festival Calça-Ferros com um cartaz constituído por grandes nomes do panorama musical nacional como Plutónio, Mc Zuka e Supa Squad que vão animar o palco principal.

Plutónio é um artista de Cascais, cuja sonoridade se tem vindo a equilibrar entre o Rap, o RnB e o Afro-Trap. Desde 2016 com a Bridgetown e depois do seu álbum “Preto e Vermelho” tem vindo a lançar hit atrás de hit, tornando-o um dos artistas mais requisitados do momento. Depois do sucesso dos singles “Não Vales Nada”, “3AM” e das participações em “Rain” com Mishlawi e Richie Campbell e “Nunca Pares” com Slow J e Papillon, Plutónio lançou, com DJ Dadda, o gigante “Cafeína”, que ultrapassou os 14 milhões de visualizações e atingiu o galardão de dupla platina. Já em 2019, os sucessos continuaram com “Meu Deus”, já galardão de Ouro, “Dramas e Dilemas” e “1 de Abril”. Plutónio sobe ao palco no dia 9.

Quem está na lida do rap em Portugal com certeza também já ouviu falar de Luíz Vieira, ou do seu nome artístico MC Zuka. O rapper mudou-se para Portugal aos 16 anos vindo de Espírito Santo, Brasil, em 2002, e foi aqui que começou a dar os seus primeiros passos no rap e no Hip-Hop. Em 2018, o rapper participou no festival do Rock In Rio Lisboa, pela terceira vez consecutiva, a convite da dupla Supa Squad. Além de músico, MC Zuka também perpetua o seu nome como “writer” a escrever para outros artistas, como por exemplo o hit single ” Faz Gostoso”, interpretado pela sua conterrânea Blaya.

MC Zuka sobe ao palco principal no dia 10, antecipando a atuação dos Supa Squad, a dupla composta por Mr. Marley e Zacky Man que se juntaram para um projecto diferenciador no panorama nacional. Estando cada vez mais presente na cultura nacional, o kuduro ou o funk brasileiro, os Supa Squad aproveitam as suas raízes africanas para juntar o dancehall, o reagge e o afro-beat, em algo completamente diferente, juntando a si participações com outros artistas nacionais bastante apreciados entre os mais novos. "Tudo Nosso" ou "Avé Maria" são os originais mais conhecidos de Supa Squad atingindo mais de 10 milhões de visualizações no Youtube.

Serão, portanto, três dias de festa e convivio rodeados de um meio ambiente de grande beleza e tranquilidade proporcionado pela excelente localização nas margens do Rio Ave.

Pelo palco “novas oportunidades” irão passar talentos ainda desconhecidos do grande público mas franco crescimento. Os DJ’s terão também o seu espaço, e prometem animação. Não faltarão ainda os já habituais espaços de exposição de artesanato e de associações que irão proporcionar aos visitantes um maior conhecimento da realidade cultural e artística local.

O espaço para a restauração assumirá, nesta edição, uma nova localização, dimensão e programação, permitindo aos espetadores comparecerem mais cedo no evento e aproveitarem todas as valias do mesmo.

Na perspetiva de um festival familiar e amigo do ambiente não faltará animação para os visitantes mais jovens bem como atividades preventivas e educativas sobre a temática do meio ambiente.

Apesar de ser já a 4ª edição, será esta a 1ª vez que a organização será da responsabilidade da GRACAFE – Grupo Recreativo Amigos de Calça Ferros, com produção de “Paulo Ferrão – Produções” e contando com os apoios da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e Junta de Freguesia de Pedome.

O bilhete diário custa 5 euros, enquanto o passe geral para 9 e 10 de agosto tem um custo de 8 euros. No dia da família a 11 de agosto, o festival tem entrada livre.

Data de Publicação: Voltar à Página Anterior


Siga-nos

Publicidade


Última Edição!