Voltar à Página Anterior

AML- orçamento sob o lema “Sonhar novas Imensidades”. para 2020

A assembleia aprovou por unanimidade o programa de ação e o orçamento para 2020. Carla Faria vice-presidente da direção, em representação do presidente Jorge Faria, esclareceu que este programa tem como base o projeto socioeducativo, com o título: «Sonhos Com Vida», a vice-presidente referiu que todos têm a plena consciência de que “o sucesso começa com um sonho e o primeiro passo para tornar os sonhos realidade é saber o que se quer”, só sendo possível assim concretizar o subtema para o programa deste ano “Sonhar novas Imensidades”.

Carla Faria apresentou numa síntese, por setores, a proposta de programa, com uma nova configuração que permite uma leitura mais simples, clara e eficaz por todos. Fez o seu enquadramento com uma introdução «Sonhar novas Imensidades». Prosseguiu a apresentação começando pelas orientações estratégicas, os investimentos, o acompanhamento e avaliação. Depois entrou no campo das respostas sociais começando pelo setor infanto-juvenil, com as duas creches; pré-escolar e centro de atividades dos tempos livres; o setor de idosos com a sua estrutura residencial para pessoas idosas (Lar); centro de dia e SAD – Serviços de Apoio Domiciliário; o setor social com os serviços de atendimento e acompanhamento social – SAAS, o complexo habitacional das Lameiras e o seu gabinete social - GSEL; o plano de intervenção nas infraestruturas conservação e manutenção dos espaços – internos e externos; a «Casa Abrigo» e o «Centro de Emergência» para mulheres e crianças vítimas de violência doméstica. A completar este programa estão os setores da qualidade e formação, o setor do voluntariado, com a secção cultural, o Lameiras – boletim cultural e informativo e o grupo desportivo. 

Após a apresentação do programa de ação, Carla Faria procedeu à apresentação da proposta de «orçamento previsional» da Associação de Moradores das Lameiras para 2020, que prevê um total de gastos no valor de um milhão, oitocentos e oitenta e quatro mil euros. A direção decidiu orçamentar para investimento o montante de cento e noventa e oito mil euros.

Para Carla Faria, “o grande desafio do século vinte e um é transformar os contextos e vida das pessoas em espaços de desenvolvimento total, dando voz a todas as partes interessadas. Assim, a AML procurará ser dinâmica e interativa, onde, “cada uma das partes interessadas criará o seu incrível caminho, focado nos valores da determinação, disciplina e compromisso, pilares da nossa instituição.

Acrescentou que em 2020 a política da contínua capacitação, do seu capital de recursos humanos irá manter-se e o mesmo será acompanhado pela readequação e atualização das ferramentas de trabalho ligadas às novas tecnologias, levando a um aumento do impacto, eficácia e melhoria dos serviços prestados às partes interessadas da instituição. Acrescentou que durante o ano de 2020 está, também, traçada uma série de iniciativas nos diferentes sectores orientadas para promoção da interação entre a instituição e todas as partes interessadas, sendo novidade neste ano a inclusão da comunidade envolvente. Salientou que em 2020 a AML irá avançar um desafio inovador, da criação de um programa de redução riscos psicossociais, destinado aos seus colaboradores, para posterior implementação.

Data de Publicação: Voltar à Página Anterior


Siga-nos

Publicidade


Última Edição!