Covid-19: PS quer soluções da Câmara para alunos com dificuldades de acesso ao digital

O Partido Socialista (PS) propõe à Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão que, "em articulação com todos os Agrupamentos de Escolas de Famalicão, identifique todos os alunos que, de alguma forma, evidenciem qualquer situação de desvantagem material e avance, com a máxima celeridade, para uma solução justa e equitativa que passe, naturalmente, pela criação de condições facilitaras de acesso a computadores e internet". A proposta tem em conta as famílias co m dificuldades, às quais o acesso a ferramehtas alternativas á escola presencial, como a "escola virtual", nao chega por força de "acesso às novas tecnologias e, desde logo, à internet".

Na proposta que envia às redacções, o PS considera que "a adaptação a esta nova forma de ensinar e aprender, através da "escola virtual", cria, como todos temos consciência, desigualdades decorrentes da maior ou menor facilidade no acesso às novas tecnologias e, desde logo, à internet. Se há alunos cujas famílias possuem as condições necessárias para se adaptarem à está nova realidade (acesso ao computador e à internet), outras famílias terão dificuldades, nomeadamente materiais, que poderão pôr em causa o direito dos seus filhos continuarem a aprender em condições de igualdade e equidade". Os socialista apelam assim ao executivo municipal por uma solução que possa "minimizar este problema e de forma a prevenirmos qualquer hipótese de afastamento de alguns alunos do seu percurso escolar".

A proposta surge no quadro do encerramento das atividades letivas presenciais, atendendo à pandemia de Covid-19, que impôs "restrições que, de forma mais ou menos intensa, afetam alunos e encarregados de educação, professores e demais funcionários".

 

 

 

Data de Publicação: Voltar à Página Anterior


Siga-nos

Última Edição!